Google+ Followers

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Cenoura


Origem

A cenoura pertence à “ família apiaceae seu nome científico é daucus carota L” trata-se de uma raiz milenar de origem asiática tuberosa e alaranjada, muito conhecida e utilizada desde a época dos gregos e romanos, inicialmente popularizou-se como planta medicinal na Europa, sendo posteriormente trazida para a América.

Tipos de cenoura

Existem várias espécies de cenouras variando a altura das plantas de 35 a 50 cm, com espessuras de 3 a 4 cm e comprimento entre 15 e 22 cm. A tonalidade varia também devido ao clima da região de plantio, as principais culturas são: Nantes, Kuroda, Brasília, Kuronan, Tropical, Prima, Nova Carandaí e Alvorada.
Todas as sementes citadas são comercializadas, mas o consumidor brasileiro tem preferência pela cenoura Nantes, por serem mais lisas e uniformes, sem raízes laterais, sem pigmentação verde ou roxa na parte superior e possuir uma coloração alaranjada intensa.

Propriedades Vitamínicas e medicinais

Possui vitaminas A, C, B2 e B3 é rica em betacaroteno, pouco calórica e com alto teor de fibras, importante para a visão, pele e mucosas, possuem ainda, sais minerais como fósforo, potássio, cálcio, sódio, manganês, níquel, cobre, iodo e magnésio. Tem ação antioxidante que combate aos radicais livres, atuando no desenvolvimento ósseo, possui ácido fólico essencial para o bom funcionamento dos sistemas nervoso e cardiovascular. Auxilia no trânsito intestinal, na redução dos níveis de colesterol do sangue, combate a fadiga, a anemia, má digestão, colite, cálculos biliares, cistite, gota, icterícia possui ação antibacteriana e diurética, age na eliminação de pedras tanto dos rins como da bexiga, e corrige problemas menstruais.
Seu suco diluído em água é excelente para o fígado e para o excessivo funcionamento da tireóide, embeleza e rejuvenesce a pele, protegendo-a contra o aparecimento precoce de rugas, fortalece também cabelos e unhas.

Destaque especial (cegueira noturna)

O uso regular da cenoura é particularmente importante para condutores de veículos, porque tanto o caroteno como a vitamina A estão intimamente associados à visão noturna. A retina do olho consome continuamente matérias clorofílicas amarelo-vermelhas para a formação de um pigmento intensamente vermelho, a púrpura retiniana. Este elemento é decisivamente importante para a capacidade de visão e adaptação à luminosidade. O consumo regular de cenouras aumenta essa capacidade da visão, ao passo que sua carência ocasiona a “cegueira noturna”.

Usos

Uma cenoura pequena ingerida crua ou na forma de saladas, bolos, sucos, cremes refogados e purês, já é suficiente para suprir às necessidades vitamínicas diária.
Importante observar que a cenoura não deve ser descascada, pois seu poder vitamínico está concentrado na superfície.