Google+ Followers

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Relações


Interações ou Relações Ecológicas

Relações harmônicas ou positivas - são benéficas e ambos os associantes ganham ou um ganha mas o outro não é prejudicado.

Relações desarmônicas ou negativas - são prejudiciais, pois um dos associantes ganha e o outro é prejudicado.

Relações intra-específicas ou homotípicas - ocorrem entre indivíduos da mesma espécie.

Relações interespecíficas ou heterotípicas - ocorrem entre indivíduos de espécies diferentes.

Colônia

Ocorre entre indivíduos da mesma espécie, ligados(unidos) fisicamente entre si. Temos colônias isoformas ( indivíduos semelhantes na forma e nas funções executadas - colônias de bactérias: estafilococos e estreptococos e colônia dos corais ) e colônias heteromorfas ( com indivíduos diferentes na forma e nas funções - exemplo a obelia e a caravela, representantes dos celenterados ).

Sociedades

Ocorre entre indivíduos da mesma espécie, livres ( independentes entre si ) , com divisão de trabalho ( tarefas ) , com castas ( cada gupo de indivíduos contribui para o bem estar e desenvolvimento de outro ). São exemplos de sociedades: alguns insetos, como as abelhas, os cupins, as formigas , além da espécie humana. Os organismos ( seres ) que vivem em sociedade são denominados de sociais. Nas abelhas encontramos três castas:- rainha , operárias e zangões.

Mutualismo

Relação entre espécies diferentes onde ambas são beneficiadas e não podem viver separadamente , antigamente denominada de simbiose. Exemplos- líquens ( associação de algas e fungos ) , protozoários ( vivem no intestino de cupins) e triconinfas ( digere a celolose da madeira produzindo glicose que é utilizada pelo cupim e pela triconinfa ).

Protocoperação

Forma de mutualismo em que os associantes podem, eventualmente, viver separados, sem risco de sobrevivência.

Exemplos

crustáceo paguro(ermitão ou bernardo-eremita) e as anêmonas-do-mar. O paguro tem um abdome longo e mole, apreciado como alimento por predadores, refugia-se em conchas abandonadas de moluscos, sobre as quais se fixam as anêmonas, que possui células urticantes nos seus tentáculos, afugentando os preadores do paguro e a anêmonas aumentam a disponibilidade de alimento , conforme o paguro se desloca. Na pele do gado, parasitas( carrapatos , bernes ) e certas aves que os retiram e os comem .

Inquilinismo

Associação entre indivíduos de espécies diferentes, onde um ser vivo utilizado do outro, como moradia ( suporte ou abrigo ).

Exemplos

o peixe Fierasfer(peixe agulha) refugia-se no interior do pepino-do-mar(equinodermo). As epífitas ( as bromélias e as orquídeas ) que vivem sobre os troncos de árvores(suporte e abrigo), não se caracterizando como exemplo de parasitismo.

Comensalismo

Envolve indivíduos de espécies diferentes, na qual um deles se alimenta das sobras ou restos da alimentação do outro, sem qualquer prejuízo.

Exemplos

tubarão e o peixe-piloto , tubarão e a rêmora ou peixe-piolho.

Amensalismo ou antibiose

Associação em que uma espécie libera substâncias tóxicas que inibem o crescimento ou não deixa a outra espécie se reproduzir.

Exemplos

Fungos(Penicillium) inibem a reprodução de bactérias , a maré vermelha( dinoflagelados aumentam em grande quantidade, liberando substâncias tóxicas na água marinha, matando muitas espécies deste ambiente ).

Parasitismo

Relação entre o parasita( obtém benefícios para si mesmo ) e o hospedeiro ( prejudicado ). O parasita pode intoxicar, deformar e até mesmo matar o hospedeiro. Exemplos- pulga, carrapato, sanguessuga, piolho, lombrigas, solitárias, protozoários, parasitas ecto ou endo dos seres vivos(hospedeiros).

Predatismo

Relação entre o predador( o que captura e mata ) e a presa ( que lhe servirá de alimento )de espécies diferentes. O predatismo é um fator limitante do crescimento das populaçvões naturais( limita o crescimento excessivo das populações ). Exemplos- cobra e sapo , leão e antílope , urso e peixe.

Canibalismo

É uma relação entre indivíduos da mesma espécie.

Competição

Luta por algum componente do ambiente. Temos competição intra-específica e interespecífica. Animais competem pelo território , pelo alimento , pelos parceiros da reprodução, enquanto os vegetais completem pelos nutrientes do solo , luz , água, etc. A competição é um dos fatoes limitantes do crescimento das populações naturais.

OBSERVAÇÃO

Mimetismo ou camuflagem

Não é uma forma de relação ecológica, mas um mecanismo que algumas espécies utilizam para fugir ou escapar da ação dos seus predadores naturais. Temos mimetismo de forma e cor. Exemplos- camaleão, peixe pedra, inseto graveto, falsa coral , etc.