Google+ Followers

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Tríplice viral


A Tríplice Viral é uma vacina capaz de proteger o ser humano de três graves doenças: Sarampo, Rubéola e Caxumba (também conhecida em Portugal como "Papeira" e cujo nome técnico é Parotidite), fato que leva a ser chamada também de Vacina SRC. Em Portugal é conhecida como "VASPR" (Vacina anti Sarampo, Parotidite e Rubéola). Sua aplicação se dá em uma dose única, geralmente aos 12 meses de idade, além de um reforço entre os quatro e seis anos. Após sua aplicação, não é incomum ocorrer febre baixa e coriza. Caso a febre ultrapasse 38o.C, pode-se usar um antitérmico.


Administração da vacina tríplice viral

A vacina tríplice viral é administrada via subcutânea em uma dose única aos 12 meses de idade. De 4 a 6 anos a criança deve tomar novamente a vacina para imunizar uma pequena parcela da população que não é imunizada da primeira vez (2 a 7%) mas não é um reforço. A primeira dose existe no calendário vacinal da criança desde 2003, mas a segunda vacina só foi introduzida no calendário em 2004, para evitar um novo surto de sarampo (já erradicado desde 2000 do Brasil) por acúmulo de suscetíveis.

É importante lembrar que a vacina tríplice viral é feita com vírus vivos atenuados, ou seja, raramente causa formas leves das doenças, mas é contra-indicada para gestantes (risco de rubéola congênita), indivíduos imunocomprometidos e em uso de corticosteróide de forma crônica.